Smart a acabar o ano em grande!

Nos dias de hoje, a postura por parte das marcas tem de ser de transparência para com o cliente e não em prometer um produto ou serviço que depois, quando adquirido, não corresponde ao prometido. Posto isto, podemos afirmar que as melhores campanhas publicitárias são aquelas que conseguem transmitir ao cliente, de uma forma original e criativa, todas as vantagens que o mesmo vai poder desfrutar se consumir aquele produto ou serviço. E foi exatamente isso que a Smart conseguiu criar: um vídeo que mostra que o seu modelo “Fortwo” é perfeito para a cidade, chegando até a ter uma pequena insinuação de ser o todo-o-terreno citadino (devido à maneira arrojada como o carro sobe o passeio para estacionar). Para além disso, consegue ilustrar todas as desvantagens de usar o carro fora da cidade de uma maneira bastante cómica e agradável para quem está a ver. Uma escolha a considerar para quem vive em grandes metrópoles.

Advertisements

Qual a melhor espargata? (Bruno Salgueiro)

Depois da resposta de Chuck Norris à publicidade da Volvo (ver em baixo), depressa o youtube se foi acumulando de paródias a esta mesma campanha por todo o mundo. No entanto, não podia deixar de partilhar a melhor de todas – a de Portugal! Todas estas “respostas” trouxeram visualizações não só nos próprios vídeos, mas principalmente no original. Assim sendo, a Volvo criou uma publicidade viral, dando notoriedade à marca junto dos consumidores e ultrapassando o seu objectivo inicial ao fazer com que um target, muito maior do que o suposto, ficasse a saber que os melhores camiões existentes no mercado são os da Volvo.

Qual a melhor espargata? (original)

A 13 de Novembro de 2013 a Volvo lança uma campanha, que mais tarde se viria a tornar viral, demonstrando que a estabilidade e precisão dos camiões com a tecnologia “Volvo Dynamic Steering” é incrível ao ponto de algo tão bizarro como, fazer uma espargata entre dois camiões, é possível! Este vídeo originou duas respostas que também foram muito elogiadas, dê a sua opinião…

Guerra aberta nas Telecomunicações (ZON)

Apesar da aposta quadruple play por parte da ZON Optimus ter tardado em relação aos seus concorrentes (M4O e RED), a marca conseguiu apresentar no mercado um preço mais acessível e vantajoso para o cliente. Os spots televisivos mantêm-se fiéis à sua “frase de marca” – há uma linha que separa – dando a entender que existem linhas para tudo, no entanto, há uma linha que consegue englobar tudo o que existe contendo a melhor net, a melhor TV, o melhor fixo e ainda dois cartões com chamadas ilimitadas para todas as redes (tem tudo). Com a ambição de ser líder neste mercado acho que a marca devia ter apostado numa campanha mais forte e objectiva e não tão filosófica, assim como ter arranjado outro nome para o serviço, por este se assemelhar em demasia ao M4O, levando as pessoas a pensar que a original é a MEO e que a ZON Optimus só está a tentar não ficar para trás!

Guerra aberta nas Telecomunicações (MEO)

M4O foi o primeiro pacote a ser lançado em Portugal com televisão, voz fixa e móvel, e internet abrindo as portas para uma guerra que ainda vai a meio. Sempre com um registo cómico os gato fedorento não perdem uma oportunidade para mostrarem que até num vídeo de 15 segundos conseguem pôr as pessoas a rir e que, afinal, ainda não os podemos esquecer. Com estas campanhas publicitárias o serviço M4O posiciona-se como algo que é nacional mas que todo o mundo deseja ter, dando a ideia de que os portugueses são uns sortudos e têm de aproveitar o serviço. A PT só fica a ganhar com estas publicidades porque para além conseguir transmitir o pretendido, ainda conseguem animar “o público lá em casa”. Como se pode ver, não surgiram alterações na forma da PT apresentar os seus serviços depois da fusão com a Oi (fusão que resultou na CorpCo). Assim sendo, parece que o Natal vai ser tranquilo para a MEO no entanto, não se pode desleixar porque há forte concorrência à perna.

Bruno de Carvalho – O Marketeer

 

 

Bruno de Carvalho – atual presidente do Sporting Clube de Portugal – conseguiu tornar um clube com piores resultados por cada época que passava e adeptos cada vez mais insatisfeitos com o rumo da equipa, num clube cheio de garra e paixão, um clube a bater recordes e um clube que lidera a liga Zon Sagres. Tudo isto se conseguiu, não com mais investimento, mas sim com algo “tão simples” como uma mudança de atitude imposta pelo novo presidente do SCP – Bruno de Carvalho. Começou com a aposta na formação (talvez forçada por falta de capital), a assistência no banco de suplentes por parte do presidente (ficando assim mais próximo dos jogadores e dos adeptos) e, por fim, a aproximação dos jogadores aos adeptos. Tudo isto, comandado por Bruno de Carvalho que conseguiu ver o que estava a falhar no SCP, ver que os adeptos precisavam de sentir que o clube também estava lá para eles, para os bons e maus momentos e não apenas o contrário, ver que havia potencial nos escalões de juvenis para jogarem nos seniores (dando assim a motivação necessária aos mesmos para trabalharem cada vez mais) e ver que um presidente não tem que ser obrigatoriamente uma entidade máxima intocável. Resumindo, o Marketeer conseguiu posicionar o Sporting da forma que mais ninguém conseguiu nos anos que passaram e virar o jogo completamente. Que o diga este excelente vídeo promocional feito por alguns jogadores do Sporting a dar cada vez mais importância ao 12º jogador, ou seja, ao adepto!